Tratamento da Dor Crônica com Estimulação Magnética Transcraniana

Dor crônica e uma condiçao frequente, ocorrendo em até 60% dos pacientes, podedo levar a sofrimento importante, insônia, queda na qualidade de vida e polimedicação;  a fibromialgia é um exemplo de dor crônica.

A (Estimulação Magnética Transcraniana(EMTr) é um novo tratamento que vêm mostrando resultados importantes no tratamento da dor crônica e depressão; quando aplicada no lobo frontal esquerdo, a EMTr produz melhora da depressão e da dor, e, quando aplicada no córtex motor produz melhora da dor. A estimulação do córtex motor é muito promissora e têm efeito analgésico significativo.

O efeito analgésico é relacionado a vários mecanismos (Garcia-Larrea L et al., 2007). O córtex motor(CM) apresenta múltiplas conexões com áreas relacionadas ao controle da dor, tanto próximas quanto distantes e quando estimulado pelar EMTr, ocorrem mudanças funcionais em várias regiões cerebrais envolvidas no controle da dor incluindo estruturas distantes ao córtex motor, chegando mesmo até a medula espinhal (Nyzard J et al., 2011) e nos nervos periféricos. Os efeitos analgésicos da EMTr , ocorrem tanto nos quadros de dor difusa como a fibromialgia (Passard A et al., 2009), assim como quadros de dor localizada, como a neuralgia do trigêmio, e neuropatias periféricas.

Diferentemente dos medicamentos analgésicos cujo efeito é transitório, o efeito da EMTr na dor é duradouro, estendendo-se por meses. Estudos em fibromialgia por exemplo, mostram uma redução pronunciada e duradoura da dor, levando a melhoria na qualidade de vida, menor consumo de medicamentos, melhora do cansaço matinal, do sono e das atividades gerais (Passard A et al., 2008). Uma das justificativas para este efeito prolongado é que a EMTr produz mudanças positivas na plasticidade cerebral (Mahall A et al., 2011). 

Fale ON-LINE COM O MÉDICO